5 tendências do Setor Bancário para você conhecer


Nos próximos anos, o setor bancário estará em um novo contexto. Seguindo as expectativas dos consumidores, das tecnologias emergentes e dos novos modelos de negócios, os bancos têm a incumbência de implementar estratégias para se planejar para 2030.


O relatório “Indústria bancária em 2030” apresentou oito principais tendências que mudarão o cenário do setor bancário. No texto de hoje, vamos falar de cinco delas. Fique com a gente!


Integridade e análise de dados

Uma das tendências para os próximos anos é a integridade e análise de dados. A integridade dos dados refere-se à confiabilidade e consistência das informações ao longo do seu ciclo de vida útil. Ela tem como objetivo preservar o conhecimento para que nada seja comprometido ou perdido. Prejudicando, assim, todo o planejamento organizacional.


Tecnologia contra os riscos cibernético e crimes financeiros

Os métodos de prevenção tradicionais já não protegem mais os consumidores de crimes financeiros complexos e aprimorados que causam danos à reputação e comprometem as instituições financeiras. A tendência é a adoção de tecnologias como análises avançadas de dados e inteligência artificial para melhorar a visibilidade de possíveis ameaças e detectar fraudes de maneira eficaz.


Tecnologias emergentes e digitais

Outra tendência importante está ligada à inovação. Novas tecnologias estão mudando drasticamente as operações bancárias de front, middle e back office. As instituições bancárias estão tentando entender como tecnologias como inteligência artificial, automação e nuvem podem ser usadas, aliadas às tecnologias já existentes anteriormente.


Agilidade na empresa

Para garantir vantagem competitiva, não é mais o tamanho da empresa que conta, mas sim sua agilidade – essa é uma das principais tendências para 2030. Os bancos precisam adotar mudanças e aproveitar os benefícios da era digital em ciclos menores e arrojados.


Futuro do trabalho

A automação e a inteligência artificial estão substituindo atividades repetitivas feitas antes por pessoas, exigindo que as instituições financeiras repensem a gestão de talentos e as habilidades necessárias para se manter na vanguarda. Tendências a trabalhos por contrato e financiamento coletivo também impactam a maneira como o trabalho é desempenhado.


Este e outros assuntos atuais são abordados na FGI. A Faculdade de Gestão e Inovação oferece o MBA Banking e Mercado de Capitais com o objetivo de especializar os alunos em gestão bancária e mercado de capitais.


O curso tem duração de apenas 1 ano, é 100% digital e os encontros acontecem mensalmente aos finais de semana, uma oportunidade perfeita para quem não tem tempo durante os outros dias. Se você quer se preparar para ser um profissional renomado em uma das áreas mais promissoras do país, acesse aqui e se inscreva!