A semana de Carnaval no mercado financeiro


Geralmente, o mercado financeiro não funciona em feriados nacionais. Mesmo com a retirada da facultatividade do feriado de Carnaval, a Bolsa de Valores não funcionou na segunda (15) e terça (16) de fevereiro. Na quarta-feira, a B3 só voltou a funcionar às 14h, por conta da Quarta-Feira de Cinzas. Isso deixou a semana mais curta e mais desafiadora para aqueles que investem em opções, por exemplo, já que o exercício termina na sexta-feira (19).


Com a pandemia de coronavírus ainda assolando 2021, restou aos investidores olhar para o mercado internacional. Mas lá fora, diversos feriados que, neste ano, coincidiram com o nosso Carnaval também mantêm diversas bolsas gringas fechadas nesta segunda (15).


Nos Estados Unidos, as bolsas e o mercado de títulos públicos não funcionaram em razão do feriado do Dia do Presidente. Instituída inicialmente para homenagear George Washington, depois se expandiu para celebrar todos os presidentes americanos, a data é celebrada sempre na terceira segunda-feira de fevereiro.

No Canadá, a bolsa de Toronto não funcionou devido ao feriado do Dia da Família, e na Ásia, diversas bolsas permanecem fechadas por causa do feriado do Ano Novo Lunar, como a de Xangai, a de Hong Kong e a de Taiwan. Coincidentemente, todas essas comemorações caíram no mesmo dia em diversas partes do mundo. Restou ao investidor, portanto, descansar e aproveitar o feriado.


No entanto, mesmo com a semana reduzida, o movimento está sendo grande no país. Houve duas estreias na B3: Orizon e Eletromidia. Já nos noticiários, os investidores seguem de olho no auxílio emergencial, ainda que não tenha havido falas oficiais sobre o tema durante o feriado.

Na saúde, a expectativa pela vacina é ainda maior agora que mais estados entraram em alerta vermelho no país. É válido lembrar que todos esses acontecimentos podem influenciar os índices na Bolsa de Valores, mesmo que em menor grau.