Aplicação do Endomarketing em uma empresa e exemplos de estratégias


O marketing, estratégia usada para divulgar, comunicar e promover marcas, é muito utilizado por todas as empresas que querem ter visibilidade nos seus nichos. O curioso é que esse método também pode ser empregado internamente, entre os próprios colaboradores, para um ambiente mais engajado.


Ou seja, são ações internas que visam incentivar, reconhecer e promover os funcionários, facilitar o acesso às informações, agir com mais transparência, aumentar a sensação de pertencimento e retenção de talentos, conduzir pesquisas de satisfação a fim de entender o que o colaborador precisa e construir uma cultura organizacional mais sólida.


Sendo assim, a aplicação do endomarketing em uma empresa serve para deixar os funcionários mais motivados, envolvidos de forma profunda com o negócio e dispostos a se dedicar com mais afinco à instituição em que trabalham. A seguir, vamos elencar alguns exemplos dessas estratégias que podem ser implementadas na sua empresa.


Política de benefícios

Incentivar os colaboradores a baterem as metas do mês faz parte de toda empresa, mas aquelas que usam o endomarketing a seu favor premiam os funcionários toda vez que esse movimento acontece.


É uma forma de reconhecer o esforço dos profissionais. Lembrando que essas premiações precisam caber no orçamento da empresa, por isso, usar a criatividade é o caminho mais indicado.


Capacitações

Ao fazer pesquisas semestrais com os colaboradores, é possível descobrir quais são os pontos que eles precisam evoluir. Com essas informações preciosas, a empresa pode contribuir na formação do funcionário ao oferecer cursos de capacitação.


Se a pessoa está com dificuldades em utilizar o Excel, nada mais justo do que a empresa pagar um curso ou então realizar um evento onde os líderes possam ensinar técnicas avançadas da plataforma. Esse também é um ótimo exemplo de endomarketing.


Feedbacks

Por fim, o endomarketing também pode utilizar uma das estratégias com maiores índices de satisfação na empresa: os feedbacks recorrentes, sejam os positivos ou os negativos. Mostrar ao colaborador onde ele está acertando e onde precisa melhorar é um movimento que demonstra cuidado com a sua carreira profissional e crescimento dentro da empresa. O funcionário se sente pertencente e sabe que seus líderes estarão sempre ali para ajudá-los a crescer.


Neste cenário de estratégias e conhecimento, a FGI se posiciona no mercado como a instituição que acompanha as transformações e as leva para a vida de seus alunos, entregando vantagem competitiva e um futuro promissor aos estudantes. Sendo assim, os profissionais que têm como desafio gerir e desenvolver equipes e pessoas, além de descobrir novas formas de inovação nas organizações, podem se atualizar no MBA Gente e Gestão. Para saber mais, clique aqui.