Como fazer o Fluxo de Caixa da sua fazenda corretamente


O fluxo de caixa consiste no fluxo do dinheiro no caixa de uma empresa. Na fazenda, ele é utilizado para controlar as entradas e saídas de dinheiro, ou seja, os recebimentos e pagamentos do negócio rural. Nesse sentido, o fluxo de caixa da fazenda é utilizado para acompanhar as finanças, investimentos e rendimentos da propriedade. Seu principal objetivo é manter o saldo bancário positivo e evitar prejuízos financeiros.


Nele, são registrados gastos com a compra de máquinas e equipamentos, construção de instalações rurais e insumos, bem como a venda de safra e aluguéis (arrendamento de terra). Assim, ao anotar corretamente os ganhos e gastos, o produtor rural tem uma noção clara sobre a situação da sua propriedade, isto é, se ela está obtendo lucro ou prejuízo. No texto de hoje, vamos dar dicas de como fazer o fluxo de caixa da sua fazenda corretamente.


Detalhe e registre todas as fontes de receita e despesas

Tome um tempo para considerar e registrar todas as suas despesas envolvidas na sua fazenda, sempre utilizando o conceito de empresa rural: despesas com escritório, administração, manutenções, depreciações, frete e etc. Aliás, detalhe também todas as suas fontes de receita, tudo o que foi produzido e vendido.


Separe suas despesas familiares e as despesas da fazenda

É muito importante que você separe as despesas pessoais daquelas da fazenda. Considerar os custos da fazenda e da casa em um só lugar dificulta os cálculos e pode mascarar a saúde financeira da sua propriedade rural. Quando você separar essas duas coisas, verá que as informações ficam mais simples e claras.


Prepare seu fluxo de caixa em uma base mensal

Reserve um tempo para pensar e já deixar registrados todos os pagamentos e recebimentos em cada mês. Muito provavelmente você tem parcelas a pagar de alguma compra ou financiamento, além de parcelas a receber da sua produção agrícola. Isso faz com que não seja preciso colocar as mesmas despesas todo mês, economizando tempo e evitando o esquecimento dessas parcelas.


Continue revendo, monitorando e alterando seu fluxo de caixa

O acompanhamento do fluxo de caixa é tão importante quanto a sua realização. Desse modo, você consegue monitorar o dinheiro que entra e as saídas reais em relação às originalmente orçadas, além de notar as mudanças e sazonalidades. Assim, você tem um fluxo de caixa projetado.

Esse e outros assuntos são abordados no MBA Contabilidade, Auditoria e Perícia do Agronegócio, uma especialização voltada para contadores, agrônomos e profissionais diretamente ligados ao segmento agro ou que tenham o desejo de se inserir no setor do agronegócio, ampliar seus conhecimentos e se tornar um especialista. O único pré-requisito para adentrar na especialização é ter graduação em áreas afins.


O curso dura apenas 1 ano e meio, é 100% digital e os encontros acontecem mensalmente aos finais de semana, uma oportunidade perfeita para quem não tem tempo durante os outros dias. Se você quer se preparar para ser um profissional renomado em uma das áreas mais promissoras do país, acesse aqui e entre em contato com a gente!