Como ficar no azul no seu negócio rural


Apesar de pouco conhecida, a contabilidade rural auxilia os produtores na tomada de decisões e apresenta demonstrativos claros da atual situação do empreendimento. Ela também cuida de toda a parte burocrática e da declaração de impostos obrigatórios, além de impedir que o seu negócio fique no vermelho. Os serviços de contabilidade para o setor agropecuário funcionam como um apoio para os produtores e para as indústrias de âmbito rural.


Considerando que o setor do agronegócio vem representando um importante papel na economia brasileira — e, com isso, aumentando o PIB — é fundamental que ele seja bem gerido administrativamente. Mas, de forma prática, como impedir que o seu negócio fique no vermelho? No texto de hoje, vamos dar algumas dicas.


Seja organizado(a) financeiramente

Neste primeiro momento, é preciso que uma mudança drástica aconteça no negócio. A desorganização e falta de conhecimento saem de cena e dão lugar ao planejamento, às avaliações e às decisões conscientes. É fundamental que o produtor conheça os custos de cada plantio, a receita e a rentabilidade de cada atividade que exerce. Só assim, poderá dar um passo à frente com segurança.


Leve em consideração todos os detalhes

É importante que o produtor registre, de forma detalhada, todos os custos, despesas e receitas de cada atividade rural. As informações contábeis devem ser organizadas de forma que não se misturem.


Casa e trabalho não se misturam

No Brasil, a grande maioria dos produtores é de pequeno e médio porte. Por isso, é comum que as atividades sejam comandadas e executadas pela própria família, o que pode gerar uma confusão e mistura de coisas. O que foi gasto nos afazeres da casa se mistura com o que foi gasto na lavoura e vice-versa.


Esse tipo de comportamento acaba dificultando a extração de informações úteis para o crescimento do negócio. Por isso, é extremamente importante que o registro das informações contábeis seja organizado e individualizado.


Período correto de fechamento de contas

O que difere a contabilidade do agronegócio para a de outras empresas é a sazonalidade. A renda se concentra no período após a colheita dos produtos agrícolas. Enquanto a maioria das empresas encerra seu exercício social no final do ano, a empresa rural deve fechar a contabilidade ao final do ano agrícola. E isso geralmente ocorre no meio do ano.


No caso de quem realiza diferentes atividades, o ideal é que se finalize o exercício após a colheita/venda da atividade que gera maior valor no período.


Despesa ≠ Custo

Os custos dizem respeito aos gastos que podem ser associados ao produto final, seja para sua produção ou prestação de serviços. Por exemplo: sementes, adubo, diesel, manutenção de máquinas agrícolas e mão de obra, etc. Já as despesas se relacionam mais com consumo de bens ou serviços. Contas de água, luz, aluguel, salário de funcionários e impostos.