Contabilidade de Ativos Biológicos


A contabilidade é a ciência que auxilia no processo de administração de um negócio, tendo papel crucial na tomada de decisões. Com informações e relatórios que somente um contador pode compreender, o empresário sozinho nada faria com dados tão relevantes. Um bom contador utiliza todos esses dados para analisá-los dentro de um contexto gerencial. Após compreendê-los, repassa ao empresário, em linguagem acessível, como eles influenciam no negócio.


De forma geral, os dados econômicos são coletados, mensurados monetariamente, registrados e organizados em formas de relatórios ou comunicados para o empresário. Munido dessas informações, ele traça as melhores estratégias para o negócio. Sendo assim, o papel da contabilidade é medir os resultados das empresas, avaliando o desempenho dos negócios, e, a partir daí, dar diretrizes para as tomadas de decisões.


Em um contexto de agronegócio, mais especificamente de ativos biológicos, a contabilidade também se faz presente. De acordo com o CPC 29, o Ativo Biológico é um animal e/ou planta. Esse conceito pode parecer um tanto quanto abstrato e, por causa disso, o próprio pronunciamento contábil traz alguns exemplos para facilitar o entendimento. Entre os animais, podemos citar os carneiros e os porcos; enquanto que entre as plantas podemos citar a cana-de-açúcar, seringueira e árvores frutíferas.


Os ativos biológicos podem ser mensurados pelo seu valor justo diminuindo os gastos estimados para a sua venda. No entanto, se o valor justo não puder ser mensurado de forma confiável, os ativos biológicos devem ser avaliados pelo seu valor de custo menos a depreciação acumulada ou perda por irrecuperabilidade.


Para que haja a determinação do valor justo, é necessário seguir uma hierarquia de informações: a primeira delas é o preço do ativo em um mercado ativo; a segunda é uma referência de preço obtida em uma transação recente caso não haja mercado ativo; a terceira diz respeito aos preços de mercado para ativos similares, ajustados para refletir as diferenças; a quarta trata de benchmarks, processos e ideias inovadoras e procedimentos de operação mais eficazes que conduzam a um desempenho superior; a quinta e última aborda o valor presente do fluxo de caixa futuro que se espera ser obtido do ativo.


No módulo ‘Contabilidade de Ativos Biológicos’ do MBA Contabilidade, Auditoria e Perícia do Agronegócio, o aluno aprende como uma empresa agrícola ou uma fazenda deve calcular seus ativos de forma contábil pelo seu valor justo. Com duração de menos de 1 ano e meio, as aulas são mensais e acontecem aos finais de semana no formato ao vivo. Ficou interessado(a)? Clique aqui e saiba mais.