Cooperativa rural: o que faz uma?

O escoamento da produção é uma das maiores dificuldades que um pequeno produtor enfrenta no seu dia a dia. As cooperativas agrícolas surgem como uma solução para este tipo de problema. Mas o que faz, de fato, uma cooperativa agrícola? No texto de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o assunto. Fique com a gente.


As cooperativas rurais são associações autônomas, compostas de maneira voluntária por produtores rurais e pequenos agricultores, visando o beneficiamento mútuo de seus membros por meio da união de esforços para venda de seus produtos, compra de insumos e capacitação.


Por ser uma empresa de propriedade e interesses coletivos, sua administração é conjunta e democrática, baseando-se na ajuda mútua, solidariedade, participação democrática e responsabilidade compartilhada sob a associação.


Embora tenha o objetivo econômico, uma cooperativa tem a finalidade muito diferente da de uma empresa. Enquanto um negócio tradicional visa fortemente o lucro, a cooperativa agropecuária tem como função aumentar a exposição do produtor rural e também de ajudar o grupo a se sair melhor no mercado.


Neste contexto de agropecuária, diversos produtores rurais se juntam para, em grupo, serem capazes de atender mais facilmente ao mercado consumidor, negociar melhores condições para a compra de insumos e dar vazão mais facilmente à sua produção.


O funcionamento dessas cooperativas é bem simples: um número de produtores rurais com uma mesma atividade se organizam e unem suas produções para vendê-la ao mercado em grandes quantidades, bem como comprar insumos diretamente da indústria.


Produtores de leite, por exemplo, se unem para vender toda a produção de leite de maneira agrupada, produtores de soja fazem o mesmo, e assim por diante. As decisões de uma cooperativa não são tomadas por uma única pessoa, mas, sim, de maneira democrática em assembleias. Além disso, o funcionamento dessas cooperativas é estabelecido pela lei n° 5.764/1971.



whatsapp-logo-1.png