O que podemos fazer quando o coronavírus está afetando nossa saúde mental?

Texto de: Humberto Moraes, Coordenador do NAP (Núcleo de Apoio Psicopedagógico)


É muito importante analisarmos as nossas preocupações, até que ponto elas estão me

trazendo benefícios e até que ponto elas estão prejudicando meu bem-estar?


As preocupações que trazem benefícios estão ligadas à realização de atividades que

nos ajudam a agir de forma a prevenir o contágio do coronavírus, fazendo assim sua parte

diante das orientações que foram repassadas pelos órgãos competentes. Já as preocupações

que prejudicam nosso bem estar, normalmente estão ligadas aos pensamentos de

catastrofização, aumentando assim a ansiedade, que gera maior nível de estresse e

prejudicando a atenção durante a execução dos cuidados.


O novo coronavírus COVID-19, tem se espalhado pelo mundo e por se tratar de um

novo vírus, não se tem conhecimento por completo sobre ele, o que pode causar altos níveis

de ansiedade e estresse na população. Com isso, tem surgido variadas informações. Umas

verdadeiras, outras falsas, causando confusão e desespero nas pessoas. Pensando nisso, iremos compartilhar as orientações que foram feitas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre

como podemos proceder diante dessa situação afim de preservar nossa saúde mental.


° Não ter atitudes preconceituosas: precisamos ter cuidado com a forma de tratar as

pessoas suspeitas ou infectadas pelo coronavírus. Isso tem acontecido nos espaços

públicos onde pessoas que retornaram do exterior ou com descendência asiática tem

sofrido discriminação, com certeza é preciso ficar atentos e ter cuidados, mas não

significa que nosso comportamento precise ser ofensivo a outra pessoa.


° Evitar o exagero de informações: É muito importante estar informado sobre a

situação, porém, a todo o momento a mídia tem atualizado a população, lotando a

grade televisiva com notícias sobre o vírus, o que pode causar estresse e ansiedade.

Para estar atualizado, opte por buscar informações em momentos específicos, uma ou

duas vezes durante o dia e priorizando fontes confiáveis.


° Converse com as crianças: como as escolas têm interrompido as aulas, é importante

conversar com as crianças sobre a situação, dando as devidas explicações, utilizando

uma forma de se expressar de acordo com a capacidade de entendimento da criança,

afim de que ela compreenda as formas de prevenção e mantendo a rotina mais normal

possível.


° Maior cuidado com os idosos: é a principal população de risco. Reforce sempre as

recomendações dos órgãos competentes e se necessário tenha paciência para repetí-

las quantas vezes for preciso.


Para as pessoas que estão isoladas em casa ou em hospitais. Recomenda-se

que foquem em atividades que gostem e cause relaxamento, buscando sempre

exercícios físicos, dormir bem e se alimentar de forma saudável, essas ações ajudam

na prevenção da ansiedade e estresse.

20 visualizações

Central do aluno

0800 006 0070

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

ENDEREÇO DAS UNIDADES

Goiânia - GO

Unidade de Negócios

AV. T-9, 2.310

Jardim América

Goiânia - GO

Sala 610 A e 614 B

Condomínio Comercial Inove Intelligent Place

Jataí - GO

Faculdade

Av. Prof. Edvan Assis Melo, 1075

Centro

Jataí-GO

e-MEC  

Trabalhe conosco

CIDADES ATENDIDAS (MBA & PÓS)

Goiás

Goiânia

Jataí

Mineiros

Rio Verde

Rondônia

Vilhena

Mato Grosso

Cuiabá

Água Boa

Primavera do Leste

Querência

Sinop

Bahia

Luis Eduardo Magalhães