Descubra quais são os tipos de solo mais férteis no Brasil

O Brasil possui uma grande diversidade de solos em sua extensão continental, decorrente da ampla diversidade de ambientes e de fatores de formação do solo. Nas 13 classes de solos contidas no Sistema Brasileiro de Classificação de Solos (SiBCS), constata-se a influência desses fatores através da grande variabilidade das características químicas, físicas e morfológicas.


A ampla peculiaridade observada nos pedoambientes também representa uma condição importante para a avaliação dos potenciais e limitações de cada solo, condicionando a sua sustentabilidade em função dos usos e das práticas de manejo aplicadas. O Brasil é conhecido por ser um ambiente extremamente fértil, sendo que boa parte dessa fertilidade deve-se à composição de sua superfície.


Assim, os tipos de solos no Brasil variam de região para região, mas se dividem em quatro principais formas: os aluviais, a terra roxa, o massapê e o salmourão. Vale lembrar que esses são apenas os tipos principais, existindo uma gama de outros tipos de solos no Brasil.


Terra Roxa

É o tipo de solo que surgiu a partir de rochas de origem vulcânica, os basaltos. Apesar de ser chamado por esse nome, esses solos possuem uma aparência mais avermelhada. Encontram-se nos estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e São Paulo, o que significa que, em um passado distante, parte dessas áreas abrigou vulcões, que não existem mais.


Aluviais

São solos que se formam a partir de sedimentos (fragmentos de rochas) advindos de outros lugares e transportados pela ação das águas e dos ventos. Encontram-se em diversas áreas do território brasileiro, em regiões de várzeas e proximidades de rios e cursos d'água. Apesar de não serem tão férteis, possuem um alto potencial agrícola.


Massapê

É um solo mais escuro, quase preto, argiloso e muito fértil localizado ao longo do litoral nordestino. Ele forma-se a partir da decomposição do calcário, da gnaisse e outras rochas, sendo que, nos meses chuvosos, ele fica úmido e pegajoso; já nos tempos de estiagem, fica mais rígido.


Salmourão

É um solo proveniente da decomposição, principalmente, do granito. Encontra-se distribuído em áreas do Centro-Oeste, do Sudeste e do Sul do Brasil. É bastante arenoso e menos fértil que os demais, além de apresentar certo nível de acidez. No entanto, com as técnicas corretas, também pode ser utilizado na agricultura.


A Faculdade de Gestão e Inovação oferece a graduação em Gestão do Agronegócio com o objetivo de formar, em 3 anos de curso, profissionais para o desafio de transformar, gerar resultados em vendas e descobrir novas formas de empreendedorismo e liderança no agronegócio.


Com aulas teóricas e práticas, o aluno consegue expandir seu conhecimento e aplicá-lo no seu dia a dia, melhorando a atuação na sua empresa. Seja um dos líderes do mercado agro! Clique aqui e se inscreva.