Dia do zootecnista


O símbolo da zootecnia mostra que a profissão tem tanto a ver com a medicina veterinária quanto com a agronomia. Criado em 1973, ele mostra um trevo, que representa a nutrição animal, e uma cabeça bovina, representando a produção animal. Neste 13 de maio, comemoramos o dia deste profissional tão importante para o Brasil.


O zootecnista tem conhecimentos no campo científico e tecnológico e se dedica a buscar maior produtividade e rentabilidade na criação de animais, com o uso de técnicas de melhoramento genético, reprodução, bem-estar e nutrição. Além de administrar o beneficiamento e a comercialização dos produtos de origem animal, em empresas do agronegócio. Dentro do melhoramento genético, aplica técnicas de reprodução, podendo pesquisar nutrientes, acompanhar a fabricação de rações, vitaminas e produtos de saúde e de higiene para animais. Trabalha também na indústria alimentícia e na produção de alimentos de origem animal.


Tem a oportunidade de atuar em outras áreas também, como manejo da pastagem, planejamento e administração rural e, por meio da zootecnia de precisão, pode fazer uso da tecnologia para melhorar a produtividade. Os profissionais formados em zootecnia também podem trabalhar como autônomos ou como consultores. De onde estiver, monitora o rebanho em tempo real, podendo tomar decisões com agilidade, agregando valor à produção e garantindo a qualidade de seus produtos com eficiência econômica.


A decolagem do agronegócio brasileiro deve muito ao trabalho do Zootecnista, já que ele tem a responsabilidade do desenvolvimento da produção animal e dos produtos de origem animal. Sua importância está em contribuir diretamente com o crescimento do volume de proteína animal, atendendo a demanda mundial. Já para a sociedade, sua responsabilidade está em produzir alimentos em quantidade e qualidade, atendendo às expectativas das pessoas quanto à forma de criação, abate e a comercialização dos animais.


Reconhecer tantos benefícios deste profissional na sociedade é fundamental. Por isso, desde 2018, foi sancionada pelo na época presidente Michel Temer a lei que oficializou o dia 13 de maio como o Dia Nacional do Zootecnista. O pleito era uma articulação antiga da Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) e contou com a participação de diversas lideranças, como deputados e senadores. A escolha do dia 13 de maio como data de comemoração faz menção ao dia da aula inaugural do primeiro curso superior de zootecnia instalado no Brasil, realizado em 1966, na cidade de Uruguaiana, Rio Grande do Sul.