Dicas para o uso de fertilizantes


Os fertilizantes são compostos que desempenham função primordial no desenvolvimento das plantas fornecendo ao solo os nutrientes que elas necessitam para germinar, produzir folhas, sementes e frutos.


O uso consciente e o emprego de técnicas agrícolas adequadas são a chave para o aumento da produtividade agrícola e, consequentemente, a redução do custo dos alimentos. Neste cenário, vamos dar dicas para utilizá-los da melhor maneira possível nas plantações. Fique com a gente!


Faça amostragem e análise do solo

Como definir qual a quantidade e o tipo de fertilizantes necessários? Daí a importância de se fazer uma eficiente amostragem e análise do solo. Com essa medida o produtor pode conhecer a quantidade e o tipo de nutrientes a serem aplicados no solo.


Dessa forma, quando bem realizadas e corretamente interpretadas, as amostragens/análises do solo irão contribuir com melhores recomendações de corretivos e fertilizantes, possibilitando determinar a quantidade de adubo e a fórmula correta do fertilizante a ser utilizado, evitando falta ou excesso de aplicação destes produtos.


Defina a melhor forma de aplicação dos fertilizantes

Uma vez realizada a análise do solo e determinada as necessidades das plantas, é chegada a hora da adubação propriamente dita. Várias são as técnicas e estratégias de aplicação possíveis, estas irão depender do maquinário disponível, do tipo de fertilizante utilizado e do momento em que será feita a adubação. Basicamente, 4 são as formas de aplicação mais importantes: por semeadura, adubação a lanço, por irrigação e por pulverização.


Identifique as deficiências da planta

É importante que o produtor esteja sempre atento às características e sintomas que sugerem possíveis deficiências diretamente nas plantas, principalmente em suas folhas. Caso esses sintomas sejam presenciados, a aplicação dos fertilizantes pode estar na dosagem errada ou está ocorrendo na época/estágio da planta errada.


Também pode ocorrer antagonismo entre alguns nutrientes, que precisa ser identificado. Essa medida, quando bem monitorada, auxiliará na correção da deficiência nesta safra e na prevenção das safras seguintes.


Utilize tecnologia

Na era da informação e das soluções digitais, existem softwares até mesmo para melhorar o processo de aplicação de fertilizantes e corretivos. As ferramentas tecnológicas voltadas para o setor agrícola podem ser utilizadas em diversos momentos da cadeia produtiva, como na amostragem do solo. Além disso, esses sistemas ajudam no planejamento da produção e no acompanhamento da safra, de modo que todas as informações sejam controladas e permaneçam ao alcance do gestor.