EBITDA: saiba mais sobre este importante indicador


Ebitda (em inglês, Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization) é uma sigla que significa “Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização” (também conhecida como Lajida). Trata-se de um indicador financeiro bastante utilizado para avaliar empresas listadas no mercado de bolsa de valores. Ele informa o lucro de uma companhia antes de serem descontados o que a empresa gastou em juros e impostos, e perdeu em depreciação e amortização.


O cálculo do Ebitda permite que o analista, investidor ou gestor conheça quanto a empresa está gerando de caixa considerando apenas as suas atividades operacionais – a sua atividade fim. Portanto, o Ebitda exclui do cálculo de geração de caixa os impactos financeiros e os impostos. Ao fazer isso, o indicador entrega ao acionista o real desempenho da empresa, porque analisa aquilo que está ao alcance dos funcionários e executivos, sem olhar para questões complexas, como juros e impostos.


Assim, ele se torna o melhor indicador de produtividade e eficiência, permitindo que você descubra a realidade financeira da empresa e se ela está melhorando sua competitividade ao longo do tempo. Quem olha apenas para o lucro líquido da companhia, por exemplo, pode ficar com uma compreensão errada do desempenho da empresa.


O lucro líquido depende de outros fatores e pode ser afetado diretamente por despesas com juros de financiamentos e outros fatores externos. O Ebitda exclui essas despesas da análise, para que você consiga analisar, por exemplo, o desempenho de empresas endividadas. Além disso, o Ebitda pode mostrar se a empresa está sendo rentável ou não.


Quando o Ebitda é negativo, significa que a empresa não consegue gerar valor suficiente para cobrir os custos por meio da sua atividade fim – mas talvez tenha outras fontes de receita que equilibrem as contas, como investimentos. Vale lembrar, ainda, que o Ebitda também é útil para comparações internacionais entre as empresas.


Para os investidores interessados em aplicar na bolsa, nem sempre é necessário fazer contas para descobrir o Ebitda. O primeiro passo para calcular o Ebitda de uma empresa é descobrir o lucro operacional, que é a receita líquida menos as despesas que as empresas têm com a operação e com os custos das mercadorias que vendem. Outra maneira de calcular o indicador é somar o lucro líquido da empresa a Imposto de Renda, contribuição social, resultado financeiro líquido, depreciação e amortização.