Gestão de fluxo de caixa: saiba a importância


A gestão do fluxo de caixa é fundamental para uma administração eficiente da corporação e no ramo do agronegócio não poderia ser diferente. Fluxo de caixa é o processo de monitorar, analisar e otimizar o valor líquido entre recebimentos e despesas de caixa.


O objetivo é ter um controle rigoroso das movimentações financeiras do negócio, o que demanda atenção constante às entradas e saídas de dinheiro e uma apuração do saldo disponível para que exista sempre capital de giro acessível tanto para o custeio da operação da empresa quanto para o investimento em melhorias.


A atenção a esta área deve ser recorrente, pois não há um padrão de entrada e saída do dinheiro. Em picos de vendas em datas especiais, por exemplo, são situações atípicas que criam uma movimentação diferente no fluxo de caixa. Por isso, o ideal é fazer uma análise diária para obter informações mais seguras. Só assim é possível traçar um panorama realista do negócio, garantindo uma melhor organização das receitas e despesas.


Para que se tenha uma boa gestão do fluxo de caixa, devem ser registrados: vendas à vista em dinheiro, cheque, cartões, vendas a prazo, recebimento de duplicatas, entre outros; compras à vista e a prazo, pagamentos de duplicatas, pagamento de despesas e outros pagamentos e recebimentos e pagamentos previstos para o futuro, num período de pelo menos três meses. Ou seja, todos os recebimentos, todos os pagamentos e os previstos.


Avaliar o fluxo de caixa sempre é um bom termômetro para medir se a empresa está crescendo ou não. Se os recursos disponíveis não estão sendo suficientes para cobrir as despesas para a execução das atividades operacionais é hora de repensar a forma como o dinheiro está entrando em caixa e para onde está sendo destinado.


No módulo ‘Gestão de fluxo de caixa’ do MBA Contabilidade, Auditoria e Perícia do Agronegócio, o estudante aprende como fazer uma gestão eficiente do fluxo de caixa, que é importante para a saúde de uma empresa, além de aprender também como gerir ao longo do tempo observando os impactos dos diferentes tipos de receitas e despesas. Com duração de menos de 1 ano e meio, as aulas são mensais e acontecem aos finais de semana no formato ao vivo. Ficou interessado(a)? Clique aqui e conheça o futuro do mercado bancário.