Governo de Goiás abre credenciamento para clínicas de psicólogos que realizam exames para CNH


Os 246 municípios de Goiás têm a oportunidade de se credenciarem ao Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) para prestação de serviços médicos e psicológicos. As empresas realizam os exames exigidos dos condutores e dos candidatos a retirada da emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para fins de comprovação de aptidão física e mental.


O objetivo do Governo de Goiás é universalizar a prestação desse tipo de serviço. Hoje, 156 cidades goianas não contam com clínica médica ou psicológica credenciada e em outros 16 municípios só há um profissional que realiza os exames.


O credenciamento acontecerá a título precário, sem ônus para o Detran-GO. As clínicas devem apresentar a documentação de regularidade listada na portaria, obedecendo a todos os critérios estabelecidos na Resolução 425/12 do Conselho Nacional de Trânsito e dos Conselhos de Medicina e de Psicologia.


Os médicos e psicólogos, e pessoas físicas que buscam se credenciar junto a clínica já constituída devem apresentar documento de aceite no quadro de profissionais da mesma, a comprovação de especialista na área e a inclusão no contrato social da empresa.


No caso do itinerante os credenciamentos devem ser protocolados no Detran, por meio do Sistema Eletrônico de Informação (SEI), endereçados à Gerência de Credenciamento e Controle. O período de solicitação ficará aberto por prazo indeterminado até ser credenciado pelo menos uma clínica no município.


Os profissionais credenciados poderão realizar atendimento itinerante em até cinco municípios. Após 90 dias do início do credenciamento, caso algum município continue sem clínica, os profissionais credenciados estabelecidos na região podem solicitar autorização para realizar atendimento itinerante nos outros municípios da sua microrregião.


Com essa nova oportunidade surgindo, nada melhor do que se especializar em psicologia do trânsito, uma área do conhecimento que estuda o comportamento humano no contexto do trânsito, investigando fatores internos e externos, conscientes e inconscientes que promovem, influenciam e transformam esses comportamentos.


A pós-graduação em Psicologia do Trânsito na FGI favorece o trabalho conjunto de professores e alunos para conceituação, implementação e análise de resultados de cada um. Sendo assim os encontros mensais ocorrem em formato real timing, onde o professor expõe de forma conceitual os assuntos e sugere atividades avaliativas. Com a resolução das atividades os alunos verão o conhecimento sendo aplicado na prática.


O curso tem duração de 1 ano e 6 meses com aulas mensais no sábado e domingo. Além disso, toda a experiência é 100% digital, o que deixa a vida do estudante mais prática e o sonho de cursar mais próximo. Quer saber mais? Clique aqui agora mesmo.