Manejo Reprodutivo de Bovinos


O manejo reprodutivo em bovinos tem como objetivo gerar bezerros a partir de touros e matrizes com boa aptidão reprodutiva. Entretanto, são necessárias técnicas pecuárias avançadas para que as vacas em idade reprodutiva produzam crias sadias, que sejam desmamadas com peso adequado. Dessa forma, aumenta-se a produção e a produtividade do rebanho, assim como os lucros do pecuarista.


Dentre as técnicas pecuaristas estão: melhoramento genético, inseminação artificial, sanidade e seleção. No melhoramento genético, o objetivo é aperfeiçoar as melhores características genéticas por meio do cruzamento entre as diversas raças existentes, conseguindo ganhos em rusticidade, resistência a doenças e parasitas, desempenho, eficiência e qualidade. A introdução do gado zebu no Brasil Central, por exemplo, foi essencial para a expansão nesta região e se tornou a base do rebanho brasileiro.


Já com a inseminação artificial, é possível alcançar esse melhoramento com mais rapidez e em maior escala. No gado leiteiro, são geradas fêmeas com grande potencial para produção leiteira e reprodutores melhoradores. No gado de corte, são produzidos animais com alta performance para produção de carne, além de touros melhoradores e novilhas de reposição.


Ao falar de sanidade, leva-se em consideração a seleção de reprodutores e matrizes com alto potencial reprodutivo e o estado sanitário dos machos e das fêmeas que influenciam no nascimento dos filhotes. Há doenças infecciosas, que comprometem o aparelho reprodutor de touros e vacas. Com isso, a fecundação é seriamente prejudicada, o que aumenta o índice de abortos, infertilidade, disfunções hormonais, cios repetidos, além de nascerem animais com porte bem menor que o normal.


Por fim, na seleção, existem critérios nos exames seletivos em que os touros precisam ser aprovados. Neste teste são avaliados inúmeros aspectos, como a condição corporal e, principalmente do aparelho genital, em busca de processos inflamatórios, anomalias e defeitos. A mesma avaliação deve ser feita nas vacas, inclusive deve ser observado se as vacas estão no ciclo de ovulação normal.


No módulo ‘Manejo Reprodutivo de Bovinos' do MBA Gestão Estratégica da Pecuária de Corte, o aluno aprende sobre o manejo da reprodução para a geração de touros e matrizes com boa aptidão reprodutiva. Com duração de apenas 1 ano e meio, as aulas são mensais e acontecem aos finais de semana no formato ao vivo, entregando uma experiência 100% digital. Ficou interessado(a)? Clique aqui e saiba mais.