Os 5 Estados mais ‘agro’ do Brasil


O agronegócio encontra-se atualmente como o maior negócio da economia brasileira, sendo uma d

as principais locomotivas do progresso do país. Neste cenário, a maioria dos estados contribui na crescente do agronegócio brasileiro. No entanto, 5 deles ganham destaque no texto de hoje. Continue com a gente!


Mato Grosso

O estado de Mato Grosso é conhecido como o celeiro do país, campeão na produção de soja, milho, algodão e de rebanho bovino, e quer alcançar novos títulos do lado de fora da porteira das fazendas. Cinco setores com grande potencial de crescimento na região e que têm atenção especial do estado são: agroindústria, turismo, piscicultura, economia criativa e pólo joalheiro.


Paraná

O Paraná é agronegócio puro. Dos 399 municípios, pelo menos 380 estão diretamente envolvidos com atividades do setor. E as cooperativas representam mais da metade da fatia do agronegócio no PIB do estado. O destaque do Paraná vai além da produção de grãos. Considerado “celeiro” do país até a década de 1990, o estado atualmente é o segundo maior polo da produção agroindustrial brasileira e o que mais agrega valor à produção rural, a partir da transformação da produção primária do campo.


São Paulo

O agro é responsável por 15% dos empregos formais do Estado de São Paulo, com grande parte deles nos setores de serviços e agroindústria. O Governo de São Paulo investe em tecnologia, facilitação e capital humano, tornando o agronegócio uma atividade ainda mais presente, produtiva e eficiente, superando expectativas e resultados. São Paulo é hoje um dos exemplos mais bem-sucedidos de agronegócio do Brasil.


Goiás

Goiás apresenta extensas áreas de pastagens e lavouras. Quase metade do território goiano é formada por latifúndios rurais, ou seja, propriedades com mais de mil hectares. O agronegócio goiano tem grande importância no cenário econômico nacional, uma vez que sua produção de carnes e grãos impulsiona a exportação estadual.


Goiás é um dos maiores produtores de tomate, milho e soja do Brasil. Responsável por 33% da produção nacional de sorgo, Goiás é o principal produtor desse grão no país. Outros cultivos importantes são: algodão, cana-de-açúcar, café, arroz, feijão, trigo e alho.


Minas Gerais

O estado permanece em primeiro lugar nacional em produção e exportação de café e na mesma posição em produção de leite. Do mesmo modo, o agronegócio mineiro também se destaca nacionalmente em áreas como produção de açúcar e criação de gado, tendo o maior hub de genética zebu do mundo.


Assim, ao aliar tradição e inovação, Minas Gerais se consolida como um dos estados pólo do agronegócio brasileiro, ao mesmo tempo em que se desenvolve rumo ao horizonte do Agro 4.0, que se refere a um conjunto de tecnologias digitais de ponta integradas e conectadas por meio de softwares, sistemas e equipamentos capazes de otimizar a produção agrícola, em todas as suas etapas.


<