Os 5 maiores pólos de agronegócio em Goiás


De acordo com os dados do IBGE, o PIB- Produto Interno Bruto de Goiás correspondia a R$191.899.000 no ano de 2017 com uma taxa de crescimento bem acima da média nacional. Esse PIB é composto por serviços, agropecuária e indústrias, que são os responsáveis pela movimentação da economia no estado.

Em Goiás, o agronegócio destaca-se no cenário nacional sendo importante gerador de divisas para o estado por meio de suas exportações, além de ganhar destaque, principalmente, pelos complexos de soja e carne. No texto de hoje vamos falar sobre a fatia do agronegócio e mostrar quais são os 5 maiores pólos de agronegócio em Goiás. Fique com a gente!

Rio Verde

Com uma população de 235 647 habitantes, o município é referência quando falamos em agronegócio. Este pólo é responsável pela produção de frango, milho e soja em sua maioria e empresas como Cargill, Comigo e Perdigão estão presentes no local devido à facilidade de distribuição para o mercado interno que acaba atraindo agroindústrias.

Jataí

O município é um dos mais expressivos em nível nacional na agropecuária, sendo que o setor agroindustrial ganhou força com empresas como Coimbra, que atua no processamento de soja e comercialização de óleo e subprodutos, a Nestlé com semi processamento de leite, a Perdigão Agroindustrial com o abate de aves, e importantes unidades de fabricação de etanol e açúcar, como o Grupo Cosan.

Catalão

Catalão é um dos municípios que tem apresentado os mais significativos indicadores de crescimento industrial do estado. A localização e as riquezas minerais do município foram fatores decisivos para a atração de empresas de grande porte, como Cooperbras (fertilizantes), Mineração Catalão e Ultrafértil do ramo de mineração, a Mitsubishi montadora de carros e John Deere do Brasil (máquinas agrícolas), constituindo pólos minero-químico (minérios importantes como o fosfato e o nióbio) e metal-mecânico.

Itumbiara

Itumbiara foi um dos primeiros municípios a atrair indústrias no estado, graças a sua localização e à expansão da agropecuária na região. O fácil acesso ao Sul e Sudeste do país e sua ligação com o sudoeste do Estado facilitam o escoamento da produção. Além de bem localizado o município possui um bom Distrito Agroindustrial - o DIAGRI – que também contribui para a produção, expansão e instalação de novas indústrias. O município se destaca no avanço do segmento industrial, contando com grandes plantas industriais, como Caramuru Alimentos, Maeda Agroindustrial, Pioneer Sementes, além de importantes indústrias de etanol e açúcar.

Mineiros

A economia predominantemente é a agricultura, sobretudo voltada para o plantio de soja, milho, algodão, feijão. Também se destacam a pecuária de corte (contando com uma unidade da empresa MARFRIG) e de leite, e desde a década de 2000 a avicultura, desde a instalação de um polo da Perdigão. Nesse período também houve a instalação de uma usina sucro-alcooleira da Odebrecht Agroindustrial. A rotação e a diversidade de culturas está sendo substituído lentamente pela monocultura da cana-de-açúcar. Mineiros, portanto, é um dos pólos de agronegócio em Goiás.

9 visualizações

Central do aluno

0800 006 0070

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

ENDEREÇO DAS UNIDADES

Goiânia - GO

Unidade de Negócios

AV. T-9, 2.310

Jardim América

Goiânia - GO

Sala 610 A e 614 B

Condomínio Comercial Inove Intelligent Place

Jataí - GO

Faculdade

Av. Prof. Edvan Assis Melo, 1075

Centro

Jataí-GO

e-MEC  

Trabalhe conosco

CIDADES ATENDIDAS (MBA & PÓS)

Goiás

Goiânia

Jataí

Mineiros

Rio Verde

Rondônia

Vilhena

Mato Grosso

Cuiabá

Água Boa

Primavera do Leste

Querência

Sinop

Bahia

Luis Eduardo Magalhães