Profissionais pós graduados têm mais chance de ingressar em multinacionais


Com o setor agropecuário a todo vapor, as grandes empresas, antes receosas, começaram a focar no crescimento e expansão de seus mercados. Entre as gigantes do agronegócio com atuação no Brasil, as multinacionais Ambev, Corteva e Syngenta estão com vagas abertas para profissionais formados em agronomia. As oportunidades são para várias regiões do país: Bahia, Brasília, Mato Grosso e Rio Grande do Sul, por exemplo.

As grandes corporações têm o interesse em contratar profissionais qualificados para atuar em suas filiais ao redor do globo para ter uma presença diversificada e certeira em cada contexto no qual atuam. No entanto, por serem multinacionais bem reconhecidas pelo seu trabalho, geralmente o processo seletivo é mais rigoroso e pede um leque maior de conhecimentos, tanto gerais quanto específicos.

MBA

Para se destacar entre os concorrentes e ingressar no mercado corporativo, é primordial que o candidato tenha uma pós-graduação. A estrutura organizacional de empresas multinacionais envolve diferentes cargos em diversos níveis.

Quanto mais você direcionar a sua carreira aos interesses da corporação mais poderá se destacar. Muitas delas, inclusive, investem para que seus funcionários tenham esse acesso a cursos de pós-graduação como forma de fortalecer a empresa.

O MBA, especialização de caráter mais aprofundado, é muito bem-visto no meio corporativo e conta como pontos extras nessa corrida por um cargo em uma multinacional.

A Faculdade de Gestão e Inovação - FGI, possui em sua grade de especializações o MBA Gestão Estratégica do Agronegócio, que tem o intuito de criar protagonistas nesse cenário de transformação que o agronegócio proporciona ao mercado brasileiro. Oferece neste programa amplo conhecimento das atividades de gestão estratégica, marketing, gestão da inovação, inteligência competitiva e liderança com Coaching, tudo isso voltado para o agronegócio.