Qual é a diferença entre Gestão de Segurança Pública e Privada?

O objetivo da Segurança Pública é garantir o direito fundamental das pessoas em ter segurança, quanto à sua integridade física, moral e intelectual, assim como a seus bens, em todo o território nacional. Enquanto o objetivo da segurança privada é proteger estabelecimentos, corporações e pessoas em um determinado local.


A segurança pública e a segurança privada convergem em seu interesse comum, na prevenção da ocorrência criminosa e no estabelecimento de um bem-estar social. Além disso, uma é sustentáculo da outra, fortalecem-se juntas.


Sendo assim, enquanto a Segurança Pública é uma área essencial para a boa convivência da sociedade, a Segurança Privada é voltada para a implementação de planos e de ações com o intuito de resguardar casas e empresas.


Como o próprio nome de cada área indica, o primeiro tipo de gestão tem foco em programas de proteção para espaços públicos, um direito fundamental de todos. Envolve a administração de conflitos, o estabelecimento de regras em prol da segurança das pessoas, o combate ao crime e a repressão à violência.


O segundo tipo de gestão, por sua vez, já segue outro caminho, que abrange o planejamento de ações preventivas com o intuito de manter a segurança interna de patrimônios residenciais e empresariais. Vale para todas as etapas, desde a organização das ideias até a execução das operações.


A FGI, Faculdade de Gestão e Inovação, dentre tantos cursos em sua grade, oferece a graduação em Gestão de Segurança Pública, que prepara profissionais que trabalham ou pretendem ingressar na Polícia Federal; Polícia Rodoviária Federal; Polícia Ferroviária Federal; Polícias Civis, Militares e demais áreas relacionadas à segurança pública. O curso tem duração de 2 anos e é o mais completo do mercado. Clique aqui e saiba mais.



whatsapp-logo-1.png